Delírios de Ophélia

O enigma que eu quero decifrar

Ela tem um quê de mistério

Que a cada dia aumenta a vontade de decifrar…

Ela tem um sorriso safado

Que me encanta mais e mais…

Cada vez que ele surge.

Ela tem uma cara amarrada, emburrada

Que logo se desfaz quando eu caio na gargalhada

Ela é um bico de ciúmes

Uma alegria natural

Uma seriedade mortal

Uma sinceridade cortante

E um abraço aconchegante

Os muitos segredos,

Ainda escondidos,

Me aguça

Me instiga

É mulher que sabe o que quer

Desperta meu desejo

Incendeia

Recua

Expõe minha fúria

Ela é a química mais instantânea

A física que faísca

A matemática mais angular

A língua portuguesa

Que percorre as curvas do teu corpo

Seminu

Ela é leveza

Safadeza

Um desapego apegado

É entrega

Quase nunca renúncia

É querer.

É a alegria

Que contagia meus dias.

É a voz mais doce e suave

Que me traz paz e tranquilidade!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s