Delírios de Ophélia

Sinais

Depois de carinhosamente ter recebido um sinal

A amargura aumentava

Era um sim ou imaginação?

A ânsia de querê-la

Causava-me delírios.

O espírito dirigia, 

Reclamava

Queria qualquer coisa que viesse dela

O corpo dava sinais de excitação

Aquela mulher…

Aquele desejo…

Eram a minha prisão,

O meu cárcere,

O que me distanciava de qualquer outra mulher

O corpo suado, trêmulo

Queria tê-la como jamais alguém quisera

Ela sorria com os olhos cintilantes…

Sim, ela queria

Finalmente teria a posse daquele corpo novamente…

Aquele corpo…. 

Tão lindamente marcado pelo passado…

Aquele cheiro…

Inebriava os meus sentidos ….

A mulher dos meus sonhos….

Excitava-me como ninguém…

Acordei! 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s