Delírios de Ophélia

Posseira

Você chegou de mansinho

Como quem não quer nada.

Eu nada queria

Até você chegar.

Me pegou de jeito

Me deixou sem jeito

Com seu jeito de olhar

Sem perceber

Me deixei levar

E agora

Descobri

Que nasci para te amar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s