Despudores de Ophélia

25 anos

Ah! Ter 25 anos sem gozar

O êxtase de uma mulher!

Ela é a lenha que acende o meu fogo

Fico sem saber o que falar,

Como agir.

É uma sensação inédita

De querer

Mas não saber

Como fazer acontecer.

Eu quero essa mulher pra mim!

Quero sentir seu corpo

Sobre o meu.

Quero conhece-la a fundo.

Como nunca conheci ninguém.

Viver uma nova experiência.

Amar de outra forma.

Tudo mudou no amor,

Mudou tudo no meu jeito de amar.

Quando a  vi pela primeira vez

Senti uma estranheza dentro do peito.

Meu coração bateu de uma forma diferente.

Só depois fui entender

Que o amor havia mudado de cara.

Sigo amando,

Querendo,

Como um moribundo

Sofro com a ausência da musa.

Ah! 25 anos sem gozar

O êxtase de uma mulher.

Ah! 25 anos sem sentir o gozo

De uma mulher.

Ah! 25 anos sem gozar

Em uma mulher,

Quero sentir orgasmos com você.

Quero sentir seu orgasmo em mim.

Vem pra mim.

Dou minha vida por essa sensação.

Quero sentir as vibrações

De seu corpo em mim.

Unir através dos lábios

Nossas almas.

Suspirar.

Ficar aos teus pés,

De joelhos.

Morro por ti,

E morro amando.

Amando do demônio

Que não me deixas possuí-la.

Ou será Deus,

Que insiste em castigar-me.

Morrerei feliz,

Morrendo em teu seio

Doce amada.

Anúncios

4 comentários em “25 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s