Delírios de Ophélia

Agrodolce

Ela é meio doce

Às vezes azeda

Mas é dona de um coração

Que já cansou de apanhar

E precisa de você para descansar.

Vou descobrir o caminho, o atalho

Que me leva para dentro do teu coração

Para que ele possa fazer de mim o teu refúgio

Tua morada.

Queria estar com você,

Não deu.

Desisto

Insisto ou

Resisto?

De longe

Te espero

Não sei ainda por quanto tempo

Te quero!

Anúncios

Um comentário em “Agrodolce

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s