Delírios de Ophélia

Quando deixei de te amar

Não me lembro do dia que deixei de amar você

Esse dia ainda não chegou.

Talvez nunca chegue ou chegue logo.

Talvez a chegada de outro alguém tenha contribuído para que a dor seja menos intensa.

Talvez seja a distração para um coração cansado,

Que ainda ama intensamente,

Mas que já não chora mais por sua ausência

E não desistiu de tentar ser feliz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s