Despudores de Ophélia

Quimera

 

Cruel, malvada mulher, 

Tormento

Meus dias, minhas fantasias

Olhar frio, irado.

Filmo você

Tua boca chama pela minha

Meu corpo lateja, 

Minhas mãos se juntam, 

Num gesto de desespero.

Quimera

Preciso sentir teu cabelo em meu corpo

Sonho, 

Enlouqueço

Preciso, 

Cada vez mais preciso

Sentir teu corpo entre minhas pernas,

Beije minha boca.

Busco teu olhar para encontrar satisfação

Enlouquecidamente preciso sentir sua boca mais uma vez

Tomar todo meu prazer,

Dominar meus sentidos

Preciso ser tua,

 Toda, 

Gritar com teu toque

Saborear teus lábios, 

Ouvir o som

Plangente por tua ordem

Ter tudo que só você pode me dar

Unida a você alcançar

O firmamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s