Despudores de Ophélia

Teletransportada 

​Os sonhos que tenho com você 

Me transportam para outro plano

O plano do desejo

Do tesão 

Da entrega 

Do amor sem pudores.

O seu corpo nu, suado

Espamado

Gozado 

Seus pêlos ainda arrepiados

Sua respiração ofegante 

O cheiro do seu sexo 

Exalando o nosso delírio pelo quarto

O seu gosto em minha boca

O melhor alimento 

Deito-me ao seu lado

Você se aninha em meu peito 

Para recuperarmos o fôlego 

E começar tudo de novo

A insanidade do nosso desejo

Provocado por nossos corpos nus. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s