Despudores de Ophélia

Desejos

Amor é força,

Poder, ingestão,

Digestão.

É sexo,

É língua,

É dente,

É garra,

É carícia.

É dominação,

Submissão,

Obediência

E

Recusa.

Esta animalidade  que dorme em nós

E se acorda na posse

E no gozo

É o essencial do êxtase do amor.

O devaneio e o simbolismo

São apenas maneiras de explorar

O vazio que se vai preencher

Com a força varonil e,

Para mulher,

Um condicionamento de seu ser

Para se prepara para saciar

Seus mais obscuros desejos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s